Agenda Econômica

Auxílio emergencial: Para Guedes, congelar salário de servidor será suficiente para pagar 4 parcelas de R$ 250

1.33KVisualizações

O ministro da Economia, Paulo Guedes, avalia que o congelamento do salário dos servidores públicos de União, estados e municípios em vigor neste ano é suficiente para compensar o pagamento de uma nova rodada do auxílio emergencial a partir de março.

Mas o valor do benefício em 2021 não pode passar de R$ 250 em quatro parcelas, segundo avaliam fontes próximas ao ministro. Também é necessário aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para viabilizar juridicamente o benefício. A equipe econômica negocia ainda novos cortes de gastos para o futuro.

Consulta pelo CPF

O Governo Federal pretende utilizar o CPF do beneficiário como modo dos cidadãos tirarem dúvidas quanto a nova prorrogação do Auxílio Emergencial. A opção trata-se de um passo a passo para que seja possível tirar dúvidas sobre o benefício, além de ser possível consultar informações relacionadas aos pagamentos. Para isto bastará portar o número do CPF em mãos para que o Dataprev possa realizar o processamento.

Pela pesquisa haverá uma cartilha com todas as informações sobre o cidadão, onde será possível verificar a situação em relação a nova liberação do auxílio emergencial. Será possível ainda consultar seu saldo disponível, pagamentos, saques e transferências por meio do aplicativo Caixa Tem.

 

Fonte: O Globo