Auxílio Emergencial

Calendário da 9ª e última parcela do Auxílio Emergencial em dezembro; veja datas

1.04KVisualizações

O governo federal iniciou há poucos dias o pagamento da 8ª parcela do Auxílio Emergencial, mas os beneficiários já estão de olho na 9ª e última parcela do benefício que será paga em dezembro. A boa notícia é que o Ministério da Cidadania já divulgou as datas completas de pagamento da extensão de R$ 300 ou R$ 600 para aqueles que têm direito ao valor.

O Auxílio Emergencial foi prorrogado pelo presidente Jair Bolsonaro em setembro, estendendo o pagamento por mais 4 parcelas em valor reduzido. Confira neste post como será o calendário do Auxílio Emergencial no mês de dezembro.

A 9ª parcela será o último pagamento do benefício criado pelo governo federal em abril para amparar durante a pandemia os brasileiros desempregados, microempreendedores individuais, trabalhadores informais e pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Inicialmente, o Auxílio seria pago em três parcelas de R$ 600, mas foi prorrogado por mais dois meses com o mesmo valor. No mês de setembro, com a pandemia ainda em andamento no país o governo decidiu estender o benefício até o final de 2020.

Há algumas semanas o ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou que o governo não descarta a prorrogação do Auxílio Emergencial em 2021, caso o país seja atingido por uma segunda onda de contaminação da Covid-19. “Se houver uma segunda onda, não é uma possibilidade, é uma certeza [que o governo vai pagar novamente auxílio emergencial]“, declarou o ministro, após afirmar que continuar pagando o benefício em 2021 seria mais fácil, visto que o governo já digitalizou em torno de 64 milhões de brasileiros.

Calendário 9ª parcela inicia dia 13

A nona e última parcela do Auxílio Emergencial será paga dentro do Ciclo 6, rodada final de pagamento conforme calendário definido pelo governo. Além do nono pagamento para aqueles que receberam a primeira parcela em abril, o ciclo 6 também prevê o crédito da 6ª, 7ª e 8ª parcelas de R$ 300 para quem começou a receber em maio, junho e julho e de parcelas retroativas de R$ 600 para grupos de beneficiários que estão em diferentes etapas de recebimento. Veja quem vai receber no Ciclo 6:

  • Recebe a 9ª parcela (R$ 300) o beneficiário que recebeu a 1ª parcela em abril;
  • Recebe a 8ª parcela (R$ 300) o beneficiário que recebeu a 1ª parcela em maio;
  • Recebe a 7ª parcela (R$ 300) o beneficiário que recebeu a 1ª parcela em junho;
  • Recebe a 6ª parcela (R$ 300) o beneficiário que recebeu a 1ª parcela em julho;
  • Recebe a 5ª parcela o beneficiário que se cadastrou nos Correios entre 08 de junho e 02 de julho;
  • Recebe a 5ª parcela o beneficiário que contestou o pedido entre 03 de julho e 06 de agosto e foi considerado aprovado;
  • Recebe a 4ª e 5ª parcelas o beneficiário que realizou contestação entre 20 de julho e 25 de agosto de 2020;
  • Recebe a 3ª, 4ª e 5ª parcelas o beneficiário que teve o pagamento reavaliado no mês de outubro.

Confira o calendário completo da nona parcela do Auxílio Emergencial (Ciclo 6):

Ciclo 6
Mês de nascimento Crédito em conta Saque e transferência
Janeiro 13 de dezembro 19 de dezembro
Fevereiro 13 de dezembro 19 de dezembro
Março 14 de dezembro 04 de janeiro
Abril 16 de dezembro 06 de janeiro
Maio 17 de dezembro 11 de janeiro
Junho 18 de dezembro 13 de janeiro
Julho 20 de dezembro 15 de janeiro
Agosto 20 de dezembro 18 de janeiro
Setembro 21 de dezembro 20 de janeiro
Outubro 23 de dezembro 22 de janeiro
Novembro 28 de dezembro 25 de janeiro
Dezembro 29 de dezembro 27 de janeiro

Calendário 9ª parcela Bolsa Família

Dezembro será o mês também que os beneficiários do Bolsa Família vão receber a última parcela do Auxílio Emergencial. Para este grupo, que recebe conforme calendário específico do programa, a 9ª parcela será paga entre os dias 10 e 23 de dezembro. É importante lembrar que para receber a extensão do Auxílio Emergencial o beneficiário do Bolsa Família precisa passar pela avaliação de elegibilidade feita pelo Ministério da Cidadania antes de um novo pagamento. A checagem é feita levando em conta as novas regras definidas pela Medida Provisória nº 1.000, de 02 de setembro de 2020.

Calendário da 9ª parcela – Bolsa Família
Data NIS terminado em Quantidade de pessoas aptas
quinta-feira, 10 de dezembro de 2020 1 1,6 milhão
sexta-feira, 11 de dezembro de 2020 2 1,6 milhão
segunda-feira, 14 de dezembro de 2020 3 1,6 milhão
terça-feira, 15 de dezembro de 2020 4 1,6 milhão
quarta-feira, 16 de dezembro de 2020 5 1,6 milhão
quinta-feira, 17 de dezembro de 2020 6 1,6 milhão
sexta-feira, 18 de dezembro de 2020 7 1,6 milhão
segunda-feira, 21 de dezembro de 2020 8 1,6 milhão
terça-feira, 22 de dezembro de 2020 9 1,6 milhão
quarta-feira, 23 de dezembro de 2020 0 1,6 milhão

Quem vai receber a extensão do Auxílio?

Se você ainda está recebendo as parcelas de R$ 600 ou R$ 1.200 do Auxílio Emergencial e está em dúvida se terá direito à extensão de R$ 300 ou R$ 600 saiba que o governo já divulgou as regras para o recebimento das 4 parcelas adicionais. Após a prorrogação do benefício em setembro, o governo publicou uma medida provisória (MP nº 1.000) para definir quem poderá sacar as parcelas extras. O documento também alterou os critérios para liberação do Auxílio Emergencial, retirando cidadãos que conseguiram um emprego formal ou que receberam algum tipo de benefício previdenciário ou assistencial (com exceção do Bolsa Família) da lista de aprovados.

Segundo a MP nº 1.000, só terá direito a receber a extensão do Auxílio Emergencial os beneficiários que receberem a 5ª parcela do auxílio original (R$ 600) antes de dezembro. Ou seja, só vão receber as 4 parcelas extras de R$ 300 aqueles que receberam a 5ª parcela em setembro. Esse grupo é composto pelos beneficiários que receberam o primeiro pagamento lá em abril e que em dezembro poderão sacar a 9ª parcela, conforme calendário do Ciclo 6 descrito acima.

Já os cidadãos que foram aprovados depois de abril não receberão todas as parcelas da extensão do Auxílio. Os aprovados em maio, por exemplo, terão direito a três parcelas de R$ 300 (nos meses de outubro, novembro e dezembro), os aprovados em junho vão receber duas parcelas extras (em novembro e dezembro) e para os aprovados no mês de julho será creditado um pagamento de R$ 300 em dezembro. Os beneficiários aprovados de agosto em diante, como é o caso dos que se cadastraram nos Correios, não vão receber nenhuma parcela da extensão do Auxílio.

 

Fonte: acheconcursos