Bolsa Família

Bolsa Família pode mudar? Veja o que se sabe sobre novo formato

2.2KVisualizações

O Bolsa Família é considerado o maior programa social do país ao longo dos últimos anos, batendo novo recorde histórico recentemente. De acordo com o governo federal, o número de famílias agraciadas com o benefício chegou a 14,69 milhões. 

Com a nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial, os constituintes do programa também puderam ver um aumento no valor recebido, considerando que é pago o benefício que possui maior valor. Vale ressaltar que o benefício médio é de R$ 176 mensal através do Bolsa Família, em compensação, é possível receber até R$ 375 por meio do auxílio.

Mudanças no Bolsa Família

O presidente Jair Bolsonaro não oculta sua intenção de fazer mudanças no programa. Novos reajustes estão previstos para serem feitos ainda este ano, ou seja, após término do auxílio emergencial. 

Vale ressaltar que o programa de transferência de renda é destinado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. A iniciativa tem como objetivo assegurar a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

Mensalmente as famílias ganham uma quantia em dinheiro e acompanhamento e, por isso, a principal norma de participação no programa é a renda mensal por pessoa. Veja como fica:

  • até R$ 89: situação de extrema pobreza;
  • R$ 89,01 até R$ 178: situação de pobreza, considerada quando a família tiver crianças ou adolescentes.

Acesso ao programa

O governo pretende unificar os benefícios já existentes no programa, além de reajustar os valores e criar novas bolsas. A principal mudança é a intenção de aumentar o acesso ao programa através de um aplicativo específico para o cadastramento de novos beneficiários no Cadastro Único (CadÚnico), um dos requisitos fundamentais para o recebimento do benefício. 

Hoje em dia, o cadastro é feito pelas prefeituras e, só depois, o interessado faz o pedido de adesão ao programa. Uma das promessas é ampliar o valor do benefício. O programa também poderá ganhar o auxílio-creche, cujo valor será de R$ 250 destinado a mães que tenham filhos pequenos.

 

Fonte: editalconcursosbrasil